EEP MANTÉM PROJETOS DE ALUNOS EXPOSTOS NA BIBLIOTECA DA INSTITUIÇÃO



Trabalhos compuseram a Jornada de Estudos em Engenharia de Produção


Depois de aberta oficialmente com duas palestras presenciais e atividades virtuais com exposição de 30 trabalhos acadêmicos no último dia 7 de junho, a Jornada de Estudos em Engenharia de Produção da Escola de Engenharia de Piracicaba (EEP) prossegue com a exposição dos melhores projetos na Biblioteca da Instituição, de segunda a sexta-feira, das 07h30 às 22h30, até o final do mês de julho.


“São propostas muito interessantes, pois mostram como os alunos foram estimulados e orientados a planejar e a elaborar na prática projetos dentro das disciplinas de Engenharia Econômica e Marketing Aplicado para verificar a viabilidade de negócios, serviços e processos”, sintetizou o Prof. Francisco Crocomo. Segundo ele, os projetos revelam a importância dessas duas disciplinas aplicados à engenharia de produção.


Ele conta que a atividade permitiu que, entre outros projetos, os alunos desenvolvessem estudos de viabilidade econômica e mercadológica para o projeto Baja EEP, que recentemente apresentou excelente colocação no Campeonato Nacional da SAE/Brasil; para implantação de padaria móvel para condomínios em Piracicaba; para instalação de um hotel para cães na cidade; implementação de e.commerce de roupas masculinas com alcance nacional; desenvolvimento de sistema de automação em residências e oferta de serviços de estética automobilística.


Segundo o Prof. Marcelo Zambon, de Marketing Aplicado, os projetos expostos destacam oportunidades de mercado considerando-se aspectos voltados aos preços, às ações mercadológicas necessárias, ao público-alvo destinatário e ao relacionamento com o cliente.


“Os alunos buscaram propor negócios estruturados como casos implementáveis e, portanto, reais”, observou. Ele destaca que cada projeto direcionou um olhar para oportunidades mercadológicas específicas, demonstrando a capacidade dos alunos de propor negócios baseados em estudos de mercado, à luz das duas disciplinas.

“Os alunos tiveram a oportunidade de praticar com dados reais baseados em estudo de mercado, dimensionamento de investimentos e retornos econômico-financeiro dessas ideias”, disse.


Para o coordenador acadêmico do curso de Engenharia de Produção da EEP, Prof. André de Lima, é muito gratificante ver a evolução dos alunos ao longo do curso e a Jornada cumpre, justamente, o papel de acompanhar o desenvolvimento de cada um deles dos primeiros aos últimos semestres do curso. “Dá para perceber e identificar a potencialidade dos alunos ao longo do curso”, afirmou.


Ele lembra ainda que a possibilidade de integração e interação entre as disciplinas também mostra para os alunos a amplitude da atuação do engenheiro de produção no contexto industrial e empresarial. “É um profissional que tem muito a contribuir e que passa a ser cada vez mais requisitado”, observou.




 

Publicação em 07/06/2022


EEP PROMOVE JORNADA DE ESTUDOS EM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO


Além de integração e formação dos alunos, evento quer mostrar as inúmeras possibilidades abertas pela profissão


O curso de Engenharia de Produção da EEP/FUMEP (Escola de Engenharia de Piracicaba) promove no próximo dia 7 de junho sua Jornada de Estudos, com duas palestras presenciais abertas ao público, das 19h30 às 21 horas, no salão nobre da Instituição; atividades virtuais com exposição de 30 trabalhos acadêmicos pelo site www.eep.br; e Mostra paralela no Centro Cultural da Biblioteca.



Prof. Dr. André de Lima

Segundo o coordenador acadêmico do curso, Prof. Dr. André de Lima, as palestras serão em formato Ted para exposição do tema central, com posterior abertura de discussão junto ao público presente.


Ele conta que a proposta do evento é externar o que vem sendo aplicado em aula, revelando aos alunos veteranos a evolução e o dinamismo do curso por meio de evolução de tópicos e atualização de conceitos; ao mesmo tempo em que permite aos novos alunos enxergar a dinâmica e a proposta do curso que escolheram”, disse.


Segundo Lima, tem sido grande o interesse de pessoas que estão querendo fazer o curso mas têm dificuldade de entender o que é a Engenharia de Produção. Para ele, a Jornada também atende a este público ao promover a abertura dos conceitos e conhecimentos apresentados durante o evento.


“Pelos acessos virtuais que tivemos em edições anteriores da Jornada, percebemos que muitas pessoas começaram a acompanhar as Jornadas para entender melhor a imensidão de possibilidades abertas a partir da Engenharia de Produção”, considerou, lembrando que a Jornada tem sobretudo o objetivo de promover a divulgação profissional desta grande área.

Prof. Tais Helena Lacerda

Na programação palestra com a consultora em inovação, Prof. Tais Helena Lacerda. Organizadora de eventos e ações com Meetups, professora Universitária por 32 anos em cursos de Engenharia e responsável pela gestão acadêmica e administrativa de cursos de graduação, ela vai falar sobre empreendedorismo na engenharia. “Há várias frentes de fomentos disponibilizadas pelo governo, mas ainda desconhecidas pelas empresas, que acabam não aproveitando os benefícios disponíveis por meio de fomento a fundo perdido”, disse.


Ex-aluna Monica de Almeida

A ex-aluna e engenheira de produção Monica de Almeida também participa desta edição da Jornada para compartilhar sua experiência profissional. Ela é mestre em Tecnologias Emergentes em Educação pela Must University; atuou como analista de requisitos na fábrica de software Luxfacta, onde era responsável por análise, documentação, definição e implementação de processos, além de relacionamento com cliente e aplicação de treinamentos. Também é escritora independente e colunista na EmContos Editorial.


Com relação à exposição dos trabalhos acadêmicos na Biblioteca da EEP/FUMEP, Lima revela que eles são resultado das dinâmicas desenvolvidas em aula em atendimento às metodologias ativas de ensino, em que mediante orientação dos professores, os alunos acabam indo a campo, chegando inclusive a prestar consultoria externa auxiliando empresas da região e identificar o cenário na qual está inserida para que propostas de melhorias sejam efetivadas.


“Serão expostos dois grandes trabalhos que se fundiram em um só devido ao processo de interdisciplinaridade das disciplinas de Engenharia Econômica, coordenada pelo Prof. Dr. Francisco Crocomo; e Produção de Serviços, pelo Prof. Dr. Marcelo Zambon”, disse.


Publicação:

Tribuna Piracicabana

Conexão Piracicaba


68 visualizações

Posts recentes

Ver tudo