CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO RECREDENCIA EEP


Parecer refere-se à EEP como “um cenário de importância consolidada para a região”

Com fundamento na Deliberação CEE 171/2019, do Conselho Estadual de Educação, a Escola de Engenharia de Piracicaba obteve o recredenciamento para mais cinco anos de funcionamento, conforme atesta a Portaria CEE-GP 399, de 06/09/2022.

Ao expor a importância deste processo, o diretor acadêmico da EEP, Prof. Edson Pigoretti, lembra que o credenciamento e o recredenciamento de Instituições de Educação Superior são atos regulatórios expedidos a cada cinco anos pelo Conselho Estadual de Educação para que essas organizações de ensino possam ofertar ou continuar ofertando cursos de graduação.

“O recredenciamento é a renovação do ato administrativo de credenciamento efetuado em conformidade com o ciclo avaliativo do SINAES- Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior em consonância com as mesmas exigências documentais do credenciamento”, observou Pigoretti, aferindo o rigor do processo.

Segundo ele, a relevância desse processo regulatório assegura aos alunos a legitimidade, o reconhecimento e o valor do diploma conferido pela EEP. “É o que acontece quando o aluno opta pela formação superior em instituições sérias como a Escola de Engenharia de Piracicaba”, considerou o diretor acadêmico.

Ele revela que, no parecer emitido pelo CEE, as autoridades analisaram as condições gerais da Instituição, considerada por eles como “um cenário de importância consolidada para a região onde atua, com uma estrutura bem estabelecida, procedimentos bem consolidados e capaz de oferecer cursos que, em geral apresentam boa qualidade".

Pigoretti ressalta ainda a mobilização da EEP/FUMEP em busca de um reposicionamento regional, ampliando geograficamente seu espectro de atuação junto aos municípios da Região Metropolitana de Piracicaba. “Esta é uma estratégia importante para a manutenção dos bons padrões de ensino historicamente alcançados pela Instituição”, considerou.

Em complemento, o diretor executivo da FUMEP, Prof. Renato de Albuquerque Ferreira, lembrou que a Região Metropolitana de Piracicaba já é uma realidade e que a FUMEP precisa estar inserida no processo de desenvolvimento e pesquisa inovativa.

“Temos recursos humanos capacitados e a inclusão da Fundação aos limites do Parque Tecnológico de Piracicaba permitirá a celebração de inúmeros convênios, a participação ativa no projeto regional de desenvolvimento e trará muitos benefícios financeiros, investimentos, atualização tecnológica, mantendo os cursos em funcionamento e crescimento, de forma a garantir uma excelente qualificação profissional para nossos jovens”, disse.


Publicação:

Tribuna Piracicabana

59 visualizações

Posts recentes

Ver tudo