FUMEP/EEP RECEBE MAIS DE 2000 PESSOAS DURANTE CAMPEONATO DA SAE BRASIL REGIONAL

Atualizado: 24 de nov.


Iniciativa é da Sociedade de Engenheiros da Mobilidade/SAE Brasil, que promove o evento pela quinta vez consecutiva em Piracicaba projetando o nome da região metropolitana


Pelo menos 2000 pessoas passaram pela FUMEP/EEP- Escola de Engenharia de Piracicaba nos últimos dias 17, 18 e 19, quando 33 equipes inscritas para a Competição Baja SAE Brasil / Etapa Sudeste movimentaram o campus da Instituição.


O evento reuniu alunos, professores, empresários da área, profissionais do setor automobilístico, equipes técnicas, amigos, pais, familiares, visitantes e mais de 700 universitários de quatro estados brasileiros mais o Distrito Federal.


A iniciativa é da Sociedade de Engenheiros da Mobilidade/SAE Brasil e das Faculdades de Engenharia envolvidas, que promovem o evento pela quinta vez consecutiva nas dependências da FUMEP/EEP. “Essa foi uma parceria que deu certo, pois se de um lado, a Instituição oferece o conhecimento técnico necessário para a construção e manutenção de uma pista com os obstáculos necessários ao Campeonato; por outro, a SAE Brasil concede aos nossos alunos a fantástica oportunidade de acompanhar todo este processo de perto”, disse o Prof. André de Lima, professor coordenador do projeto Baja EEP na FUMEP.


Ele conta que a equipe da casa concorreu com o carro de nº 05 e ficou com a 24ª posição, resultado que serviu como estímulo para as próximas competições. “Agora é hora de avaliar o podemos fazer para adequar o carro, solucionando os problemas técnicos enfrentados e cuidando para que outros não surjam”, considerou o coordenador lembrando que, na 9ª volta, o veículo off-road construído pelos próprios alunos com a supervisão e orientação de professores, apresentou falha mecânica e teve que deixar o Enduro.


“Outro fator que evidentemente impactou no resultado foi a idade do nosso veículo, que já tem três anos de competições, quando, na prática, o ideal é que o veículo off-road seja utilizado por até dois anos”, explicou Lima. Ele revela que a pandemia da covid-19 alterou todos o cronograma da equipe, que já se prepara para novos desafios.


O piloto da equipe Baja EEP, Rafael Goldschmidt, considera que os dois anos sem competições presenciais prejudicaram o desempenho de todas as equipes de uma forma ou de outra. “Conversando com as demais equipes, a gente percebe que foi um período de incertezas e mudanças que, em determinado momento, acabaram enfraquecendo as equipes em número de integrantes e de entusiasmo para as tarefas, que são inúmeras e importantíssimas”, considerou o piloto, que precisou se afastar na sexta de competição por problemas de saúde. “Mas voltei no sábado para a prova mais esperada da Competição, que é o Enduro de Resistência, com quatro horas de duração”, disse.


Segundo ele, o que vale mesmo é a experiência de ter vivenciado um processo altamente produtivo do ponto de vista acadêmico, profissional e pessoal, com resultados efetivos que agregam conhecimento e estruturam diferenciais extremamente estratégicos em termos de mercado de trabalho. “Saímos na frente de qualquer forma”, considerou lembrando que todos são vitoriosos pela coragem de competir e honrar o resultado, seja ele qual for.


Vídeo - Reportagem da TV CONECTA


Fotos


Enduro


Preparação


Equipe EEP Baja


Divulgado 18/11/2022

ENDURO BAJA SAE BRASIL MOVIMENTA A EEP/FUMEP NESTE SÁBADO

33 equipes inscritas e mais de 700 alunos, professores e profissionais da área automobilística de quatro Estados brasileiros e DF participam da Competição

É grande a expectativa de alunos, professores, equipes técnicas, familiares e visitantes para o Enduro de Resistência que acontece na tarde deste sábado, 19, na FUMEP/EEP- Escola de Engenharia de Piracicaba, onde a Sociedade de Engenheiros da Mobilidade promove, pela quinta vez consecutiva, a Etapa Sudeste da Competição Baja SAE Brasil.

A movimentação, porém, começa cedo, a partir das 7h30, com as provas dinâmicas na parte da manhã, quando será testado todo o sistema de funcionamento dos veículos como resistência, aderência em curva, dirigibilidade e conforto dos 33 carros inscritos para a Competição. A entrada é franca e aberta ao público.

“Trata-se de um dos maiores e mais importantes eventos do mundo na área da engenharia automobilística, movimentando milhares de alunos em torno da construção de um veículo off-road do zero”, disse o Prof. André de Lima, coordenador da equipe EEP Baja, que competirá com o carro de Nº 05.

Ao falar da importância da iniciativa para os alunos, Lima lembra que, além da fabricação do carro, o processo exige que ele seja inserido também nas áreas de marketing, planejamento, desenvolvimento tecnológico, tecnologia da informação e gestão de pessoas, revelando a magnitude da Competição.

“A iniciativa também traz visibilidade para Piracicaba, principalmente neste momento em que a cidade integra a região metropolitana em que o setor automobilístico aparece como o segundo maior em oportunidades de negócios e inovação”, ponderou.


Carros se concentram no campus da EEP à espera das avaliações estáticas e dinâmicas

Divulgado 16/11/2022

EEP/FUMEP SEDIA PELA 5ª VEZ ETAPA SUDESTE DA COMPETIÇÃO BAJA SAE BRASIL


Depois de dois anos sem realizar a competição de forma presencial, a SAE Brasil volta a utilizar as dependências da EEP/FUMEP Escola de Engenharia de Piracicaba para promover a 15ª Competição Baja SAE Brasil / Etapa Sudeste, marcada para os próximos dias 17, 18 e 19 de novembro, das 7h30 às 19h, com entrada franca e aberta ao público.


Estão inscritas para a prova 33 equipes de quatro estados brasileiros, além do Distrito Federal, em uma dinâmica que promete mobilizar mais de 700 alunos, além de outras 300 pessoas entre familiares, comissões técnicas e visitantes. “Esperamos mais três mil pessoas ao longo dos três dias de evento”, disse o Profº André de Lima, coordenador da equipe EEP- Escola de Engenharia de Piracicaba Baja, que participará da Competição com o carro de nº 5.


Segundo ele, esta é a quinta vez consecutiva que a SAE Brasil realiza as provas na EEP, desafiando os alunos a desenvolverem do zero um carro off-road para competir com outras universidades do país de forma a mostrar o potencial de cada equipe e trazer inovações para o setor automobilístico.


Para Lima, este é um projeto de magnitude robusta porque mostra claramente que o aluno não se prende à fabricação do carro e à parte mecânica do veículo. “O processo exige que ele seja inserido também na área de marketing, planejamento, desenvolvimento tecnológico, tecnologia da informação e gestão de pessoas, revelando o quanto é amplo e promissor esse mercado para o futuro engenheiro, sobretudo para aquele que pode desfrutar da experiência e do conhecimento disponibilizado pela SAE Brasil”, considerou.


Lima conta que, no dia 17, ocorrerão a recepção das equipes, com credenciamento e briefing inaugural junto à Direção da FUMEP e Direção de Eventos da SAE Brasil; e reunião com as Equipes e Comitê Técnico da Prova para explicar sobre as regras e logística da competição.


Na sexta, 18, acontecem as provas estáticas e apresentação de projetos com briefing para as provas dinâmicas e para o Enduro. No sábado 19, têm as provas dinâmicas na parte da manhã, quando será testado todo o sistema de funcionamento do veículo como resistência, aderência em curva, dirigibilidade e conforto; e à tarde, o grande Enduro e entrega da premiação.


A novidade para este ano é que, pela primeira vez, a Competição ocorre em circuito misto; ou seja, as provas serão realizadas em um único dia.


Ao falar sobre a importância do evento, Lima lembra que além de capacitar e qualificar profissionais para atuar no mercado, a iniciativa traz visibilidade para Piracicaba, principalmente neste momento em que a cidade integra a região metropolitana em que o setor automobilístico aparece como o segundo maior setor de negócios e inovação.


“O evento permite que os alunos enxerguem com mais clareza e assertividade as grandes e inúmeras oportunidades que esse mercado de grande extensão pode propiciar”, disse.


Cursos envolvidos: Administração, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica e Engenharia Mecatrônica


Conheça todos os cursos da EEP <CLICANDO AQUI>


A EEP está com inscrições abertas para o processo seletivo por análise de histórico de ensino médio. <CLIQUE AQUI E INFORME-SE>



Publicação:

Tribuna Piracicabana

Jornal de Piracicaba

Tribuna Piracicabana

197 visualizações

Posts recentes

Ver tudo